terça-feira, 30 de março de 2010

Vontade de correr

A última vez que corri foi na quinta passada. No sábado pedalei pra caramba, mas não corri. Logo, quase uma semana sem correr. Ia correr ontem, mas mais uma tempestade se abateu sobre São Paulo, com relâmpagos, ventos e inundações. Então, foi hoje.

Um pré-aquecimento de 1km, um aquecimento de 2km com 30 seg em progressão e outros 30 seg trotando, em sequência. E então, a série principal: 4 tiros de 2km, sendo o primeiro e o terceiro tiros em ritmo de meia-maratona, e os demais em ritmo de 10km. As parciais foram de 9min15s, 8min50s, 9min40s e 8min38s. Tudo ritmado abaixo de 5min/km, sendo a última com pace de 4m19s/km, muito bom! Como desta vez fizemos os tiros fora da volta de 1000 que não tem 1000, acho que os ritmos são mais reais.

Tava com vontade de correr. A dor de canelite não deu sinal e eu me senti leve correndo, com vontade. As coxas um pouquinho pesadas, não sei se o ritmo tava muito forte, ou se era por causa do pedal de 100k. Ou os dois. O fato é que foi. No final ainda um desaquecimento de mais 2km, pra soltar.

No total foram 13km, rápidos, leves, um bom treino. Tênis Nike Equalon 3. E no alongamento ainda me aparece a Tania Yuri macaqueando por lá. Ela parece um ninja, aparece, desaparece...

2 comentários:

satrijoe disse...

Caramba, ritmo forte hein!

Qual o objetivo pra Santiago?

Ricardo Nishizaki disse...

Sem objetivo. Não consegui manter um ritmo forte durante os longos e isso é mais importante do que os tiros rápidos. O difícil não é ser rápido, o difícil é se manter rápido...

Santiago é uma prova mais lenta. Gostaria muito de um sub-4hs, mas não sei se dá. Só sei que baixar do meu recorde pessoal (3h55) é quase impossível, só se eu acordar "naquele" dia!