quarta-feira, 4 de julho de 2018

30km Lac Beaupot 2018 - Québec

Programada uma rápida viagem ao Canadá para conhecer a casa nova de minha irmã e para trazer umas muambinhas para o Brasil (e vice-versa, já que ela queria pinhão), lógico que deu para encaixar uma prova por lá, até porque não dava para perder a oportunidade de faturar mais uma medalhinha no exterior.

O problema é que a prova mais interessante que achei para a época da viagem seria em trilha. Eu estou um pouco longe das trilhas há algum tempo por causa de dores no joelho esquerdo, especialmente em caminhadas mais longas subindo, já que o menisco medial está desgastado. Abandonei a Mont Blanc em 2015 por causa disso e desde então tenho ficado no asfalto já que pelo menos correr no plano não dói.

Só que a prova em trail era o que tínhamos, então vamos lá! Aproveitei ainda para testar um tênis que me foi gentilmente cedido pela Decathlon Campinas da marca própria da Decathlon, o Kalenji Kiptrail. Eu acabei testando o tênis apenas uma vez antes de usá-lo na prova (no Bosque do Morumbi), mas deu para perceber que casou bem no pé e que era um tênis "de verdade", ainda que algumas pessoas possam suspeitar de tênis que não sejam de marcas tradicionais. 

E, de fato, o tênis foi muito bem. É um tênis para trilhas não muito pesadas, relativamente leve e que dá para ser utilizado como tênis misto, para todos os terrenos, embora seu DNA seja off-road mesmo. Cravos espaçados, com bom efeito auto-limpante e que não acumulavam lava demais, o que retiraria a sua vantagem. O cadarço fica guardado num espaço na língua, para não ficar prendendo em galhos e ele tem bom grip também em superfícies lisas e molhadas.

Quem não foi bem fui eu. Eu não tomei nenhum grande escorregão na prova, mas torci o pé duas vezes. A prova era interessantemente técnica, sem subidas extremamente longas, mas com alguns trechos de boas subidas em terreno íngreme, muita variação de terreno, indo de poços de lama a trechos de asfalto, mas também passando por trilhas sujas, cheias de pedra e raízes, estradões, trilhas mais limpas, pontes de madeira, gramados, trechos sem trilha nenhuma (se vira!!), pedronas e escalaminhadas. A prova era mais lenta e travada do que imaginava, e com o pé torcido e sem tanta segurança nele, fiquei ainda mais lento.

Fechei em 5h38 de prova. No final estava bem extenuado, até porque não fiz lá uma grande preparação para tanto tempo de prova. Mas eu e o meu joelho sobrevivemos à prova. Doeu o joelho? Um pouco, mas aparentemente sem maiores consequências. O problema foi o tornozelo esquerdo...








Resumo do mês - junho/2018

128,4km, dos quais 31,5km em prova e 96,9km em treinos
7 séries de fortalecimento muscular

01 - 5km preguiçosos para tirar a ramela do olho, em 31min... , de NB London
02 - 16km de longuinho, com algumas escadas na USP, em 1h30, de Skechers Go Run Ride 6
03 - off
04 - Fortalecimento (corda, escada)
05 - 2km aq + 5x 400m forte/200m leves e 5x 300m forte/100m caminhando. 7km na esteira, de Skechers Go Bionic
06 a 08 - off
09 - Lac Beauport - no GPS foram 31,5km de uma prova técnica (nominalmente seriam 30km), de Kalenji Kiptrail, em 5h38 de prova.
10 a 15 - off (e um tornozelo torcido dolorido)
16 - Fortalecimento muscular
17 - Rodagem leve - 8km (5m56/km), de NB 1080
18 - Rodagem no Ibira - 10km (5m52/km), de Saucony Kinvara
19 - off
20 - Fortalecimento muscular
21 - 5km na esteira, testando o Olympikus Pride
22 - 8,7km voltando pra casa, de Skechers Gor Run 600
23 - Fortalecimento muscular
24 - 9,4km rodando leve no Parque da Independência, de Olympikus Pride + fortalecimento muscular
25 - 3km aq + 4x 1,5km médio-forte/500m trote. 11km, de Olympikus Pride
26 - 5,8km levinho, rodando em esteira, de Skechers Go Bionic
27 - 2km aquecendo em esteira (descalço) e fortalecimento muscular
28 - off
29 - fortalecimento (corda, escada)
30 - 9km leves no Ibira, de Olympikus Pride