sábado, 26 de junho de 2010

Bike Fit

Hoje era longuinho de 16km hoje, que viraram 18km porque... sei lá, o maluco do Alê resolveu fazer 18km e eu e o Jacó fomos atrás. Também foi dia do bike fit, pra acertar posição em cima da bike que eu comprei do Marcus. Basicamente o Daniel mediu tudo, braço, perna, tronco, dedo, ombro, só faltou medir o bilau. Pegou essas medidas, fez uns cálculos malucos, ajustou minha bike, ajustou minha sapatilha e pronto. Feito o bike fit, agora não tem mais desculpa pra não pedalar. Quer dizer, tenho, porque descobri que o guidão é um pouquinho mais largo do que deveria e que eu poderia comprar uma pedivela mais curta. Descobri também que o meu quadro ideal é o 46, algo meio raro de se encontrar. Já foi difícil achar um 49... de qualquer modo, tá uma boa bike pra começar, bastam esses ajustes. E na pedaladinha rápida que eu dei na USP, só pra testar a bichinha, já deu pra sentir a enorme diferença de peso, o ganho de velocidade quase instantâneo. Pra chegar a 35km/h na MTB era um sofrimento só, pedalava, pedalava, pegava embalo, pedalava. Nessa speed, basta sair do volantinho que em poucos giros já tô a 35km/h, fácil, com pouco esforço.

Tênis Mizuno Wave Nirvana.

2 comentários:

Jorge disse...

Ihhh já to vendo que deverá largar as ultras e virar triatleta, bons treinos com a bike.

Um abraço,
Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Ricardo Nishizaki disse...

Largar as ultras? Que é isso... A bike é treino acessório. Lógico que vai ter uma hora em que vou ter que tirar o foco total da corrida, mas é por uma boa causa: o Ironman. Nego que faz ironman é tão maluco como os ultras, não?