domingo, 26 de setembro de 2010

Rolo no Timão

Não sei se foi psicológico ou se era pra parar de doer mesmo, mas depois do treino de ontem a dor nas costas passou. Daria até pra fazer a Meia das Pontes, mas eu não tava inscrito. Na verdade, cheguei a pensar em ir pedalando até lá, pra ver a prova e fazer alguma coisa, mas quando acordei tava uma chuuva. Fiquei na minha mesmo. Mas o dia passou, chegou a hora do jogo do Timão e resolvi me mexer um pouco. Botei a bike no rolo e fiquei assistindo o jogo rodando levezinho. E fiquei lá em cima durante todo o primeiro tempo até os 30 min do segundo tempo. Porque aí o jogo pegou fogo e tive que desmontar da bike.

Pô, fomos buscar o empate aos 45 do segundo tempo e tomamos um gol de falta com bola batendo na barreira??? Não era pra ser mesmo, ainda mais num jogo onde metemos duas bolas na trave. Ao mesmo tempo o Júlio César, mais uma vez, fez vários milagres, o Professor Pardal inventou o Edu de lateral-esquerno no lugar do Roberto Carlos (por que ele tirou o Robertão??? Não entendi até agora!) e o Jucilei, apesar do passe sensacional no golaço do Jorge Henrique, hoje não jogou nada. O empate seria mais justo, mas... futebol é bola na rede. E bota 1h e meia de bike no rolo pro odômetro de treinos!

2 comentários:

Marli disse...

Enctrei seu blog navegando nos blogs de corrida e resolvi parar para conhecer...
Parabéns, passerei mais vezes para te visitar...
\o/simbora treinar
\o/ simbora correr
www.marlipalugan.blogspot.com
Twitter:@marlipalugan

Ricardo Nishizaki disse...

Obrigado, Marli!! Vamo corrê!!!!!!!!!!!