domingo, 24 de abril de 2011

Correndo do ovo

Aparentemente finalmente comecei a perder uns quilinhos extras. Efeito das corridas e treinos longos e de uma leve moderação alimentar. Mas agora que tá começando a dar certo, vamos tentar segurar até as próximas férias. Correndo do ovo de páscoa! Agora, neste exato momento, domingo de páscoa à noite, não comi nenhuma lasquinha de ovo da páscoa! Nada!! Até quando aguentar...?

Vamos aos treinos. Que foram poucos. Só agora, neste domingo, depois de 3 semanas doente é que começo a me sentir melhor de verdade. Imediatamente após a Corrida da Ponte não senti nada, nem cansaço. Mas deu a famosa dor muscular tardia e na segunda tava meio dolorido. Idem na terça, quando tentei treinar. A série que nos foi passada era um progressivo de 3km, com 2 minutos de pausa, seguidos por um tiro de 1 km, mais uma pausa de 2 minutos, outro tiro de 1km, e nova pausa de 2 minutos, recomeçando essa série. A primeira saiu. Meio aos trancos e barrancos, mas fechei os 3km em 14min50. Os tiros de 1 km saíram na casa de 4min30. O segundo progressivo de 3km saiu pra 14min27, mas tava difícil respirar, tossia muito. E aí, na hora dos tiros, minha perna direita simplesmente travou. E eu resolvi parar, porque tava difícil mesmo fazer. Treino abortado no final, 09km feitos, dos 10 km previstos, sendo o último bem lento a 5min20s. De Nike Structure Triax.

Na quarta retorno à musculação e um presente do Jonas: uma das camisetas que ele mandou fazer pro solo da Bertioga-Maresias. O cara vai pra segunda, e de novo vai tentar um top 10.

Aí veio o feriado. E uma viagem a São Roque com a família, com muita comida mineira, muita besteirinha e eu me segurando, comendo moderadamente e tossindo nos intervalos... mas consegui fazer algumas caminhadas e o treino longo do final de semana, com 3hs e 24km percorridos nas estradas de terra de São Roque, experimentando bastões de caminhada e uma nova mochila de hidratação. Tava um sol... sobe, desce, sobe, desce, sobe, desce, tudo em estrada de terra, terreno bom pra correr, mas com muita rampa curta. Eu caminhei nas subidas e corri nos planos e nas descidas. Daí a quilometragem baixa para o tempo. Mas foi interessante, deu pra sentir os prós e contras dos bastões, o peso, e também a adaptação ao novo tênis da North Face. É um pouco pesado e rígido, mas não deu bolha e nem foi desconfortável, exceto se correr muito rápido em descidas, situação em que o pé escorrega um pouco dentro dele. Preciso "fechar" mais os cadarços.

Enfim, uma semana meia boca, mas com a importante notícia de que eu estou, finalmente, me livrando dessa maldita sinusite!! E sem apelar pro ovo de páscoa.

2 comentários:

Alessandro S Silva disse...

Um dos vários motivos que me fazem correr é justamente poder me deliciar de chocolate.

Eu evito bastante coisa ao longo da semana, mas nesse fim de semana comi chocolate sem peso na consciência.

Tá certo que nos próximos dias os treinos devem ser mais intensos...

Boas Corridas!!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/

Sergio disse...

Nishi,
parabéns pela força de vontade! Eu meio que chutei o balde na páscoa, agora tenho que maneirar por umas semanas he he esse longão de São Roque deve ter sido fantástico!
abraço,
Sergio
corredorfeliz.blogspot.com