segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

São Silvestre 2007

Já tinha viajado em novembro e dezembro seria um mês de "retiro". Basicamente por falta de grana após casar e montar casa...

E já que não ia viajar... São Silvestre!!! Na verdade, também fizera a Corrida de Natal da Corpore, mas como participara sem inscrição, só para levar a Alessandra para correr e ver se ela gostaria da coisa, não contou na contagem. Aliás, não, ela não gostou...

Mas vamos à São Silvestre. Não estava exatamente em boa forma, mas acreditava que poderia fazer uma corrida pelo menos razoável. Fui com uma expectativa modesta, de 1h25 mais ou menos. No entanto, a São Silvestre daquele ano se revelaria uma prova complicada.

Larguei firme e segui firme, mas devo confessar que lá pelo 9º km já estava meio pregado. Muito calor, muito quente, muita gente! Na subida da Rudge, um inferno e uma moça cambaleando à minha frente. Cambaleou, balançou e desabou, nos meus pés. Foi feio o negócio, tinha que ajudar, né? Um grupo de 3 ou 4 corredores parou para ajudar, entre eles eu. Tentei descer no contrafluxo para encontrar auxílio, mas era impossível, era como tentar subir nadando as Cataratas do Iguaçu. Passei a ajudar de outra forma, tentando desviar o fluxo monstro de corredores da mulher caída, até aparecer um outro cara para ajudar. Então tentei achar apoio médico, policial, sei lá, alguém! E ninguém aparecia, um inferno, o pior ponto para desmaiar, porque era uma região onde o fluxo afunilava e ficava preso pelas bordas do viaduto. Não havia saída.

Durante longos 15 minutos fiquei por lá, tentando ajudar, até que 4 políciais pareciam ter a situação sob controle. Ou, pelo menos, estavam em melhores mãos do que eu. Fui-me embora, com a corrida comprometida, sem dúvida. Mas um tantinho feliz, se é que posso falar de felicidade numa situação dessas, por ter uma desculpa para o meu tempo horroroso... 1h39min40s.

Acumulado no ano: 192km

Nenhum comentário: