domingo, 27 de dezembro de 2009

SP Open Biathlon - 1ª etapa 2006 - Super bi

Resolvi também me arriscar em biathlons, já que tinha a intenção de passar pro Triathlon um dia. Essa intenção, até hoje, não se realizou, mas os Biathlons entraram no planejamento de 2006, aproveitando o fato de estar treinado em natação e ter um pouco mais de tempo disponível para fazer treinos em 3 modalidades diferentes (corrida, natação e musculação).

A estréia em Biathlons não foi exatamente boa. Fui cru para a prova, já que nunca tinha feito treino de transição, nunca tinha nadado no mar. Tinha os treinos separados de natação em piscina e de corrida, mas jamais os dois juntos.

Embora soubesse das necessidades técnicas do mar, não sabia que teria tanta dificuldade. Não só pelas marolas, pelo ritmo constante, mas, principalmente, pela falta de referência visual, pela falta de orientação espacial, agravada pela miopia e astigmatismo monstro. Como nadar em direção à bóia se você não enxerga a porra da bóia? O mar nem estava ruim, pelo contrário, tava lisinho lisinho, mas era bem complicado saber em que direção seguir. Tomei remada dos caiaques que me mandaram para a direção certa, fiquei preso embaixo da bóia, sofri pra cacete para fazer a segunda perna da natação e na hora de correr, minhas pernas pareciam gelatina.

Foram 28min32s em 1k de natação (horrível!) e 32min08s nos 06k de corrida (menos pior). 01h00m40s. Muito pra melhorar...

Nenhum comentário: