sexta-feira, 23 de abril de 2010

Recorde mundial de toque de bola

De um lado, um time brasileiro experiente, com jogadores habilidosos, que já ganhava o jogo e que já estava classificado. De outro, um time colombiano que tem como característica básica o toque de bola. Nenhum dos times queria adiantar muito a marcação ou apertar a saída de bola. O time colombiano, que estava perdendo o jogo, teria mais interesse de acelerar o jogo, mas aparentemente não sabia fazê-lo. O brasileiro não tinha motivo para acelerar o jogo ou se expor. Resultado: recorde mundial de toque de bola!

Caramba, quantos passes teve o jogo do Timão hoje? E como o Roberto Carlos joga bola, impressionante a forma física dele aos 36 anos. Dá pique, avança, recua, volta na marcação, fecha no meio, dá a cobertura no s meias, dá opção na saída de bola, avança, faz a passagem pela lateral, corta na diagonal, chuta a gol, mete bola na trave, cobra lateral lá na pequena área (e sai gol assim!)...

Classificamos em primeiro. Agora é mata-mata. Agora é Flamengo. Agora começa a encrenca!!

Nenhum comentário: