quinta-feira, 29 de abril de 2010

Um a menos?

O Timão sentiu menos que o Flamengo o campo encharcado. Daquele jeito, tudo era meio loteria e a velocidade ia pro saco. Quando o campo secou, a bola começou a rolar e os jogadores a se movimentar, ficou claro mais uma vez que jogávamos com um a menos, já que Fenômeno era um fenômeno de inatividade. Na verdade, nem isso. O Fenômeno jogava contra. A bola batia na canela, roubavam a bola dele de forma infantil, ele se esparramava no chão a cada encostão, parecia o tiozão do jogo de final de ano da firma.

Tá triste. Que a forma física não esteja grande coisa, vá lá. Mas ver o Ronaldo apanhar da bola... o que consola foi ver a justa vitória do Galo sobre os peixes e o naufrágio dos bambis contra um dos piores times da Libertadores, o tal Universitario.

Nenhum comentário: