sexta-feira, 4 de junho de 2010

GP Runners 2010

A GP Runners é uma prova que a revista Runner´s World resolveu organizar juntamente com o Quatro Rodas Experience, aproveitando a disponibilidade do autódromo de Interlagos. Algumas questões da prova havia sido apresentadas e discutidas pelo editor Sérgio Xavier no blog da revista e bem recebidas pelos corredores que gostam de passar por lá. 

Eu não iria fazer essa prova, apesar de ter dado o meu pitaco, por conta da distância da prova (5 e 10k) e porque estaria voltando de férias, fora de forma... pra não falar no joelho baleado. E ainda iria ser no feriado! No entanto, participando de uma promoção por lá acabei ganhando a inscrição. E como tudo conspirava a favor, nesta semana consegui treinar sem sentir dores e não viajei no feriadão. E eu sempre tive vontade de corrr em Interlagos, mas nunca tinha casado a oportunidade com a vontade. Agora deu.

Basicamente, como o circuito tem 4,3km, para as duas voltas de prova darem 10km seria necessária uma "extensão" do circuito, o que foi feito com os corredores fazendo a antiga curva do sol, entrando na antiga reta oposta, e então voltando para cair no "S" do Senna. Com essa adição e mantido o resto do circuito, tínhamos um percurso exato de 5km. 

Bom, correr em Interlagos é uma coisa. Laranjinha, descida do lago, Curva do Sol, Junção, Bico de pato, tudo isso faz parte do imaginário de quem sempre gostou do circuito. E fazendo-o a pé dá para entender como a pista pode ser considerada tão seletiva. É sobe, desce, curva aberta, curva fechada, curva em "s", freada forte, duas retas longas, é realmente um dos melhores circuitos do mundo, mesmo sendo tão antigo. E pelo menos na segunda volta eu fiz todas as tangências...

No entanto, é um circuito para carros. Nas curvas, portanto, há inclinação para dentro. E para fazer aquilo a pé, nem sempre estamos na melhor postura. Na curva do sol, a inclinação lateral chegava a incomodar bastante. 


E nas subidas, dá pra imaginar também o que as Minardi sofriam pra subir a Junção... eu, como Minardi entre os corredores, senti bastante a inclinação:


De qualquer maneira, embora o tempo de 55min07s para os 10km não tenha sido grande coisa (não só porque eu perdi muito tempo tirando foto, mas também porque a forma física não tá lá essas coisas, em especial para uma corrida como essa, mais exigente), foi legal, além de ter tido a oportunidade de conhecer algumas das pessoas que tão sempre por lá no Blog Correria da Runner´s World.


O evento foi muito bem organizado. Hidratação à beça, muito posto de água e gatorade para uma prova curta. Ajuda o fato de ser em circuito, mas água já no 1º km?? Sò tinha visto no Desafio Tribuna Mata Atlântica, aquela corrida que sobe a Estrada Velha de Santos. Lá são 7,5 e 7 postos, mas só com água! Aqui era diferente, a cada volta tinha uns 4 postos, dois com gatorade, dois com água, se eu não perdi as contas... ou seja, acho que eram 08 postos para 10 km! Camiseta legal, medalha legal, e acesso ao QRX ainda vazio, sem muvuca... show para uma sexta que prometia ser modorrenta!

Em tempo: tem que registrar também ter encontrado (sem foto) o Marcelo Jacoto, "velho" companheiro da Maratona de Amsterdã, e que tava "relaxando" nos 05 km, depois de ter feito o K42 em Bombinhas.

5 comentários:

satrijoe disse...

Pô, fiquei com água na boca.

Um dos meus sonhos é correr em Interlagos. Espero que aconteça o mesmo comigo de dar certo de conciliar tudo e estar em SP no dia de uma corrida!

Nem tinha me dado conta sobre este lance da inclinação das curvas. Deve ser ruim mesmo. E meio perigoso. Um colega me disse que isso pode dar a tal da ITBS (não sei se a sigla é a mesma no Brasil).

Qual a pior subida no circuito?

Faltou legenda nas fotos pra saber quem é quem lá do blog Correria!

55' ainda é muito respeitável. Parabéns!

Abs,
Shigueo

Ricardo Nishizaki disse...

A pior subida? A junção, lógico. O Laranjinha é meio complicado, mas a junção é foda, sobe-se mais. A inclinação é chata, mas tava mais presente na Curva do Sol e na reta dos boxes.
Quanto ao pessoal, na primeira foto, Rodrigo e Gerrit. Na segunda, Sérgio Xavier e Márcio. Na terceira, o Iberê esticando a mão. Na quarta, uma galera, nem sei o nome de todos... rs...

augusto disse...

Oi! Parabéns pelas fotos! Muito legal! eu consegui meu recorde pessoal nessa prova, mesmo sem ter participado!...rs. Coisas do Gerrit. Vê lá no meu post: blog.vamoscorrendo.com.br. Abraço!

Ricardo Nishizaki disse...

Pois é, e foi por causa do peso extra desse seu chip que o Gerrit não conseguiu uma vitória acachapante sobre o Rodrigo, hehehe...

Ricardo Nishizaki disse...

Onde eu escrevi Márcio (do lado do Sérgio Xavier), leia-se Fran...