sábado, 4 de setembro de 2010

Não está sendo fácil...

O maldito refrão dessa música não saía da minha cabeça durante o longão de hoje. Não sei porque essa desgraça apareceu na minha cabeça, mas ficou grudado, rodando, rodando. Aliás, ao contrário, sei porque apareceu: porque o treino hoje não foi fácil, mais uma vez.

Se semana passada eu tinha a desculpa de estar com o corpo debilitado pelo antibiótico e mesmo assim terminei os 32km, neste sábado eu vou falar o que? Do treino de musculação de ontem? De fato, as pernas estão bem pesadas, é incrível como uma série tão curta pode gerar tantos "efeitos", mas o fato é que tá pesando. Só que não tem essa, o longo era de 26km e eu tinha que fazer. Mesmo cantando que "não está sendo fácil..."

Lógico que enfiar duas biologias no meio do longo também não ajudou muito, mas sabe que hoje a Biologia até pareceu mais leve? Sei lá, depois das escadas da Nestlé, até que a Rua do Matão não estava tão íngreme. O que me cansou um pouco foi a descida .Porque as pernas estavam meio travadas, pesadas, não tava conseguindo botar amplitude na passada, sei lá. E o final da terceira volta foi um horror, cheguei a parar no zerinho, faltando uns 2km, pensando em desistir. Mas voltei a correr e terminei, morto, extenuado, cansado. O dia hoje tá mais quente, no final da 2ª Biologia já tinha termômetro marcando 28ºC (o treino começou com 21ºC) e o ar tá irrespirável de seco!!

No final das contas, 2h29 para os 26km, ritmo na casa dos 5min46/km. Sem bolhas, Saucony Glide + meia Mizuno de cano curto funcionaram. O que não tá bom é o tempo, mas ainda estou fazendo treino no frequencímetro, e não na performance. Não sei se isso é um bom indicativo, porque tô morrendo no finaldo mesmo jeito, mas no meu estágio atual, é o que temos. Estimo que a cada quilo de peso que perder, vou conseguir baixar uns 4 a 5 segundos por quilômetro no ritmo. Vamos ver se eu perco pelo menos uns 3kg até Bilbao, então!

3 comentários:

elis disse...

oi, ricardo!

quando você citou a música, fiquei pensando: que música é essa? não me lembro de uma música com esse refrão... então fui ao link... nossa, essa é antiga rsrsrsrs
me lembrou o primeiro fora rsrsrsrsrs
agora quem vai correr com esse refrão amanhã sou eu kkkkkkk tenho certeza de que não vai sair da minha cabeça rsrsrsrsrsrs

quanto ao longão... já me senti tantas vezes assim... a gente corre, corre, tem a impressão de estar fazendo tudo da mesma maneira, e no entanto parece que a corrida não rende, que as pernas não colaboram, que os astros não estão alinhados;)
e eu já consigo perceber quando o treino vai ser bom, ou somente um arrastar de pernas, nos primeiros 2kms!
o pior é quando essa sensação bate no dia da prova! aff!
é o terror! minha tática nesses momentos é apenas tentar sobreviver ao treino!

o bom é que passa!!! daqui a pouco a boa fase está de volta, quando nos sentimos usan bolts, hailes, ou valmir nunes;)

fé!
nossa, acabei de lembrar daquela outra música: fé na vida, fé no homem, fé no que virá...

kkkkkkk sessão nostalgia;)

bons treinos
elis
http://elismc.blogspot.com

satrijoe disse...

Cara,
eu não sei que música é essa mas o sentimento aqui foi o mesmo. Me arrastei total depois de ter parado o treino no meio por causa de uma bolha. E isso pq o meu objetivo era fazer pace de 6:04...

Impressionante, meu resumo de Agosto deu 163km corridos! hehe Mas acho que deu menos bike comparado com o seu tempo de rolo.

Muito chique ir a Bilbao hein! Vai dar tempo de conhecer o Guggenheim?

Abs,
Shigueo

Ricardo Nishizaki disse...

Elis e Shigueo, não queiram escutar essa música... ai! Só de lembrar já grudou na cabeça de novo...

Shigueo, a idéia é o famoso maraturismo... férias + maratona, saca? Eu vou ficar uns 5 dias por lá, é obrigatório conhecer o Guggenheim!!! Aliás, a Maratona larga na frente do museu.