domingo, 19 de setembro de 2010

Ultra SBC 6hs

A idéia de uma Ultra de 6hs é interessante. É uma porta de entrada para as ultras, é uma prova relativamente curta no mundo das ultras, o que não desgasta tanto a vida social do atleta, e como em toda ultra por tempo, você pode, simplesmente abandonar sem maiores traumas, se não estiver bem por algum motivo, sem sofrer muito por isso. Por sofrer leia-se ficar jogado em algum canto, às vezes passando mal, esperando ser resgatado pela organização. Além disso, se realizada em circuitos pequenos, exige pouco espaço junto às autoridades, uma pista de atletismo ou a interdição de poucas vias públicas.

Foi o caso dessa Ultra de SBC, sonho antigo do Carlos Dias. No entanto, apesar dessas vantagens todas, a prova teve pouca divulgação e acabou reunindo poucos atletas. De qualquer modo, nossa equipe Trilopez e a Acrimet de São Bernardo estiveram em peso, assim como alguns atletas de nome, como o Paulo Fonseca, campeão de Bertioga-Maresias, Jaiminho Rocha, Agnaldo Sampaio e o nosso Paulo Lacerda. Eu só não conhecia o cara de Guarulhos que ficou em 2º lugar, após ter liderado a prova durante muito tempo. Como o cara corre!!

Até pelo pequeno número de atletas (e pequeno retorno financeiro), a prova não teve chip, mas um controle manual. Até aí, tudo bem, especialmente porque num circuito de 1.200m na Avenida Aldino Pinotti, não deveria dar confusão. Mas deu. A contagem de voltas foi bastante confusa e o Alê Oliveira, que correu mais do que eu, não pegou premiação na categoria. Ele deveria ter sido o segundo, mas contabilizaram apenas 43 km em 6hs pra ele, o que é um absurdo para um cara que corre 42,2km em 3horas e meia. 

A organização bem amadora e simples não enfrentou problemas durante a prova. Havia água, havia comidinhas leves, e os banheiros improvisados em uma obra na própria avenida, na verdade, eram melhores do que os tradicionais banheiros químicos. O que comprometeu mesmo foi o controle de voltas e os atrasos na largada, na apuração e na premiação. Uma pena.

A prova em si teve ajuda de Sâo Pedro, que inventou um domingão frio, nublado, mas segurou a chuva. Tava perfeito pra correr! O circuito também era interessante, com 1.200m certinhos (segundo o GPS dos colegas), plano e em uma avenida ampla e de asfalto ótimo. O atrapalhou um pouco foi o vento contra, no sentido do Shopping Metrópole, mas lógico que esse mesmo vento contra virava "a favor" na volta.

Acabei optando por uma estratégia kamikase. Correr o máximo que dava, o tempo inteiro, sem administrar nada, sem intercalar corrida e caminhada a intervalos constantes. O ritmo no começo da prova foi mais forte o que eu tava propondo para mim mesmo. Isso resultou em duas coisas: um ótimo resultado, além do que eu esperava, mas também uma quebradeira monstro no final... isso fica claro nos tempos de voltas, que foram caindo, caindo, caindo... comecei a prova devagar, mas logo fiz uma média boa de 5min35/km. Eu só parava rapidamente para pegar alguma coisa pra comer, coisa de segundos. No meio da prova começou a bodear, e o ritmo a cair. A maratona eu fechei a 4h15min. Daí pra baixo foi foda. Até a quinta hora, capenguei bastante e cheguei a andar am alguns momentos, mas percebi que voltar a correr era horrível. Então resolvi me forçar a correr o tempo inteiro, mesmo que lentamente.

Aí que eu me consagrei com as meninas que marcavam as voltas. Porque deve ser chato pra cacete ficar fazendo isso, e, de repente, aparece um cara que fica tocando bateria imaginária no ar (no meu Ipod o bicho tava pegando!), guitarra, tudo!! Rock'n'roll, véio!! Eu tentava desligar as pernas e deixar elas irem sozinho enquanto eu curtia a música. Isso ajudou, já que elas não perderam nenhuma volta do 37 aqui e seu showzinho particular. Yeah!!

No final, acho que deu 54km, 45 voltas (os meus registros no relógio ficaram confusos, devia ter usado o Garmin...), média de 6min40/km e um podiuzinho na categoria! Sim 2º lugar na categoria 30-34 anos. E olha que tinha mais do que 2 atletas!! Não sei quantos eram, mas imagino uns 5 ou 6. 

O pessoal também foi bem. As meninas deram show. A Grazi ganhou a corrida no feminino, com 50 voltas (ou 60km). Passei boa parte da corrida lutando para ficar na mesma volta que ela, mas no final, enquanto todo mundo capengava, ela apertava o ritmo!! A Bia pegou terceiro e a Ana Miriam ficou em quarto, todas acima dos 50 km!! Entre os homens, o melhor foi o Paulinho, que brigou pela liderança, quebrou e depois ressuscitou. Não conseguiu podio no geral (quem ganhou foi o Agnaldo, seguido do Mauro e do Paulo Fonseca) mas levou o 1º lugar na categoria 45-49. O segundo, de direito, seria o Alê, que fez 50 voltas, mas a organização pisou na bola e nem o premiou. O Diego também foi bem, fez 52 voltas e levou a categoria 35-39. Surpresa foi o Fred Bem, que estreou, correu pra caralho, se mostrou firme a prova inteira e pegou um 3º lugar. O Giglio que se envolveu em outro imbroglio da organização, levou 3º na categoria 55-59 (eles tinham dado o troféu de 3º pra ele, mas na categoria 45-49...). E teve eu, na 30-34, com o meu 2º lugar. O Brunetti, infelizmente, não levou nada, exceto a massagem mais longa de todos, na nossa tenda. Pensando bem, acho até que ele é quem saiu ganhando...

O saldo foi bom pelos resultados, mas a prova foi precária em termos de organização. Ficamos lá, passando um frio do cacete até sair a premição, que demorou um monte... e quando saiu, deu esse chabu. Mas foi organizada com carinho, apesar de confusa, e gostaria que essa prova e outras do gênero crescessem, popularizando um pouco mais o limitado mundo das ultras. De resto, dores musculares, nada de bolha nem de dor no pé (o Saucony é ótimo, desde que a meia combine!!!) e um dia díficil com escadas amanhã...

Tenda Trilopez/Fisio Run

Correndo à frente da Grazi? Ou prestes a tomar uma volta?

Fim de prova!
Pódio Feminino: Campeã (Grazi), Terceira (Bia) e Quarta (Ana Miriam)
Pódio!
Parciais:
1-7m15 (6m02/km)
2-7m25 (6m10/km)
3-7m21 (6m07/km)
4-7m07 (5m55/km)
5-8m11 (6m49/km)
6-6m25 (5m20/km)
7-5m48 (4m49/km)
8-6m40 (5m33/km)
9-8m43 (7m15/km)
10-6m38 (5m31/km)
11-6m39 (5m32/km)
12-6m40 (5m33/km)
13-6m46 (5m38/km)
14-6m44 (5m36/km)
15-6m43 (5m35/km)
16-6m39 (5m32/km)
17-6m45 (5m37/km)
18-7m29 (6m14/km)
19-7m08 (5m56/km)
20-6m54 (5m44/km)
21-7m02 (5m51/km)
22-7m15 (6m02/km)
23-7m20 (6m06/km)
24-7m11 (5m59/km)
25-7m29 (6m14/km)
26-7m33 (6m17/km)
27-10m16 (8m33/km)
28-8m42 (7m15/km)
29-8m00 (6m40/km)
30-7m50 (6m31/km)
31-8m00 (6m40/km)
32-7m53 (6m34/km)
33-7m59 (6m39/km)
34-10m47 (8m59/km)
35-8m22 (6m58/km)
36-8m18 (6m55/km)
37-12m33 (10m27/km)
38-12m24 (10m20/km)
39-9m05 (7m34/km)
40-8m10 (6m48/km)
41-8m11 (6m49/km)
42-8m18 (6m55/km)
43-8m40 (7m13/km)
44-9m11 (7m39/km)
45-11m07 (9m15/km)

5 comentários:

Fábio Namiuti disse...

Parabéns, Nishi! Tá na pegada, hein? Um dia eu ainda chego nas ultras também (sem pressa).

Abraço,

Fábio
http://www.fabionamiuti.hd1.com.br

Ricardo Nishizaki disse...

Bom, uma coisa que você não pode ter uma ultra é pressa... hehehe! Anima aí, desafio é desafio!! Esse pelo menos era mais plano do que o prédio da Nestlé

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Parabéns hiper mega ultra Nishi, pois montar uma corrida nao é fácio imagina uma Ultra e sem grana de patrocinio e hot meu amigo, apesar das dificuldades ela saiu, parabéns a todos vcs que correram e espero que ano que vem o Carlos Dias consiga mais patrocinio para por até chip, pois correr assim marcando voltas eu me lembro de uma Ultra que teve aqui no Rio em 2008 feita pelo baiano Jozino de Salvador, pois nessa ultra também nao teve chip e as voltas eram marcadas manualmente o que gerou tambem confusao.
Amigo o meu blog está participando do Concurso Peixe Grande, caso vc ainda não votou, peço que entre no meu blog e vote, pois o mesmo está entre os 5 primeiros.

Bom fds e bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Shigueo disse...

Uia, trofeu/podio?

Tá podendo hein! Parabens!

Vc só ficou fingindo que estava escutando um Rock'n'roll ou tava de Aipódi?

Abs,
Shigueo
PS: Faltou colocar na coluna dos trofeus que SBC foi agora em 2010. Mais pra frente vc esquece! (idade) rs

Ricardo Nishizaki disse...

Uia, é verdade. Corrigido!!! E iPod neles!!