sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Headache

A semana começou punk. Dor de cabeça esquisita, forte, mas diferente das que eu já senti na minha vida. Não doía com som, com luz, mas quando eu mexia a cabeça. Qualquer movimento mínimo. Para caminhar, então... vixe, a dor irradiava pelo pescoço e descia até os ombros e peito. Um segunda tenebrosa, onde eu só consegui trabalhar porque sou metido a besta. Treinar então, esquece. 

Na terça continuava, mas com menor intensidade. Deu pra ir na fisioterapia e pra treinar, mas foi meio estranho. Não rendi bem. E o treino teve um circuito de pliometria pesado, intercalando com corrida. Um circuito meio estranho inventado pelo Diego, que no Map my run deu por volta de 1,9km. Errei o trajeto no primeiro tiro, mas nos outros acertei, fazendo tempos que giraram em torno de 9min15s, ou seja, 4min50/km de média. Como foram 4 tiros, temos 7,6km. Como teve aquecimento nesse mesmo circuito, dá 9,5km.

Correr me fez bem, durante o treino a dor de cabeça incomodou um pouco, mas depois do treino tinha sumido. E assim está. Na quarta, musculação com direito a acertar o movimento do agachamento. Tive que tirar peso, agora tô fazendo com 90kg (sem contar a barra) e deu no limite. Na quinta, mais circuito e mais corrida. Agora o circuito foi mais leve e o trecho de corrida mais curto. No total foram 6 repetições (contando o aquecimento) num trechinho de 1.35km. Nesse trechinho os tempos variaram de 6min38 a 6min16, ou seja, rodando a mais rápida a 4min32/km e a mais lenta a 4min54/km. Corri bem mais solto. Lembrando sempre que não eram tiros de velocidade plena, mas de ritmo, sem hiperventilar, já que estamos no trabalho de base. No total das contas, 8 km de treino, arredondando pra baixo.

Pior que é tanto número que tá dando dor de cabeça de novo...

Obs: os dois treinos de Nike Structure triax

Um comentário:

Alessandro S Silva disse...

Os treinos acabam tendo um efeito positivo, não apenas psicológicos mas também químicos.

Se a dor voltar, vá ao médico (que mania essa que nós homens temos de não ir ao médico).

Boas corridas headacheless!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/