segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A indefinição

O resultado do sorteio do CCC só sai dia 20. Até lá, não sei o que fazer. Se for, foco em montanhas, trilheiras e afins, e as provas que vou fazer no ano até lá seguirão esse norte. Se não for, foco no asfalto, tentando melhorar performance e escolherei provas no plano. Mas fico com uma coceirinha, pesquiso aqui, pesquiso ali... quero saber logo o que vou fazer da vida!!

Mas uma coisa eu já sei. Saiu hoje: Corrida vertical de novo!! Não é uma prova em si para mim, mas é um exercício diferente e divertido. E o que a gente quer na corrida também é diversão, né?
Registro da semana passada: musculação na segunda e musculação na sexta. O joelho esquerdo dói nos movimentos da cadeira flexora e preventivamente não tô forçando. E dolorido nos outros dias da semana... na corrida, terça teve um aquecimento de 3km, seguido do famoso circuito pra fazer base. Exercícios e corrida, exercícios e corrida, intercalados. Foram 3 séries, intercaladas com rodagens de 2km. No final, 09km (Asics GT-2150) e uma estafa do cão, já que a rodagem foi um pouco mais forte do que deveria. Mas é que um puxa o ritmo do outro... 9min40, 9min55 e 9min24 para esses três "tirinhos" de 2km. 

Na quinta eu até tentei ir treinar, mas... chuva, trânsito e o escambau. Fui pra casa e fiz um treininho na escada do prédio, 373 degraus, 29 andares. Devo fazer pelo menos mais até a prova, a escada daqui não é excelente para treinos dessa prova, os lances são curtos demais, mas é uma ótima opção, considerando ser um prédio residencial. E estranhamente as escadas sempre estão vazias, todas pra mim... depois de subir e quase infartar, saí pra rodar na chuva, no bairro mesmo, um sobe e desce incessante, 5km em 30min (Mizuno), treinando lento e pesado

Por fim, o final de semana, com mais treino pesadão. Praça Vinícius de Moraes, mais circuitos e uma rodagem de uma hora mais ou menos, subindo e descendo, subindo e descendo ao redor da praça. O joelho esquerdo, que já tava apitando, doeu um pouco mais nas descidas (é concreto, não gosto de treinar ali) e eu tirei o pé preventivamente. Aí, no final, fui dar uma voltinha no quarteirão pra terminar a horinha e... descobri que no Morumbi é impossível dar uma voltinha no quarteirão. Esquerda,  esquerda, esquerda e... saí lá na João Jorge Saad, depois do Miguel de Cervantes, a uns 2km de distância da nossa praça... enfim, sem querer, treinei mais que o pessoal: 1h08 de treino e 12km pra conta (Mizuno Nirvana).

Nenhum comentário: