quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Resumo do ano - 2013

Ano em que corri ainda mais do que nos anos anteriores, mas rodei um pouco menos em provas.

2.092 km corridos entre treinos (1772,20 km) e provas (319,8 km)
1 meia-maratona (Golden Four Asics SP)
1 prova de 15km (NB Excellent Series
1 duathlon (Eco-Duathlon de Guarulhos) - 7,5km
1 maratona (Mizuno Uphill Marathon)
2 ultramaratonas (12hs de Valinhos e 50 milhas de Campinas)
2 pernas de Revezamento (Búzios) - 22km
42km em Charlevoix
35km no Half Misión

53 treinos de musculação/reforço muscular
1.000 metros de natação (!)
147,5km de bike
3h40 de spin/rolo
08h00 de treinos em escadas, em 11 treinos

Mês com menor rodagem: dezembro - 70 km
Mês com maior rodagem: fevereiro - 285,5 km

Prós: Meta principal alcançada: pontuação para inscrição no CCC - Mont Blanc. Outra meta alcançada: pódio em uma prova (12 hs de Valinhos), graças ao companheiro de revezamento, Luis Orlandini, que além de rodar muito, me cobriu quando travei no final da prova. Enorme satisfação em participar da Mizuno Uphill Marathon. Enorme satisfação em finalmente estar presente em uma Operação Laranja em Búzios. Recorde Pessoal nos 15 km, na NB Excellent Series (embora o tempo não tenha sido o esperado) E ano movimentado também fora das corridas, com o quadro Pangaré também é gente no programa Senta a Bota, do Iberê, na Bradesco Esportes FM, e já no final do ano, passando a participando do Corrida no Ar, do Sérgio Rocha.

Contras: 2 ultras não completadas e as lesões que me incomodaram desde março (tendão de aquiles esquerdo) e agosto (entesopatia do isqueotibial), atrapalhando treinos e provas. 

6 comentários:

Brunno disse...

Nishi,

Baita ano esse seu 2013. Parabéns pelas conquistas e aprendizados em 2013. E desejo que 2014 seja um ano muito melhor!

E um dia eu ainda vou correr as 50 milhas de Campinas (minha cidade natal e onde resido). Foi através do relato do seu blog que me "empolguei" para essa missão. :-)

Grande abraço.
Brunno - http://movidoaendorfina.wordpress.com

Ricardo Nishizaki disse...

Bruno, valeu e vamos firmes! Cara, a 50 milhas é uma prova bem interessante e não tão difícil tecnicamente. Caso a distância ainda esteja além da sua preparação, sempre dá pra correr em revezamento de 2 ou 4 pessoas, o que é legal para conhecer a prova e sentir o drama para o solo no futuro!

Anônimo disse...

Bah ! E algum desses mais de 2.000 km foi abaixo, de, digamos, 6´00" min/km ?

Ricardo Nishizaki disse...

Sim, querido e covarde anônimo (o anonimato é uma covardia óbvia), vários km foram abaixo de 6min/km e vários não foram. Você certamente é pouco provido de capacidade matemática ou pouco provido de capacidade ou interesse de observação, já que bastaria colocar dados em uma calculadora de ritmo, uma das quais fica aí do lado direito no blog. Observe, por exemplo, dois posts abaixo e verifique que os 15km da NB Excellent Series foram feitos em 1h14min, portanto abaixo desse ritmo de 6min/km. Mas se todos os quilômetros tivessem sido feitos acima de 6min/km, que diferença faria? E se todos tivessem sido feitos em 3min/km, qual diferença faria também?

Anônimo disse...

Não sei pra você, mas pra mim tem bastante diferença entre correr e se arrastar.

Ricardo Nishizaki disse...

Que bacana que você ser capaz de observar, verificar diferenças. Parabéns, é um bom começo. Uma dia você chega lá!