segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Maratona de Nova York 2015

Maratona de Nova York foi sorte-azar. Eu me inscrevi no sorteio só pra tentar aumentar a probabilidade de ser sorteado nos próximos anos, mas acabei sendo sorteado na primeira tentativa, algo não muito comum (1 chance em 6, talvez?). O problema é que depois de um ano meio complicado, cheio de provas e estando meio machucado depois da Mont Blanc, correr Nova York pra tempo foi uma coisa que foi afastada no segundo ou terceiro longo quebrando que fiz. Na verdade, mesmo depois de desencanar de tempo e fazendo os longos um pouco mais levezinho, continuei quebrando nesses treinos. E comecei a quebrar nos treinos de intensidade. E mesmo nos regenerativ... ok, mimimi no volume 10, mas na hora H até que saiu um desempenho de não passar vergonha. Longe do melhor, lógico, mas o suficiente pra cruzar abaixo das 4 horas, me divertir, filmar a prova e ainda tendo o menos dolorido pós-prova de todas as maratonas que fiz.

Segue o vídeo pro Corrida no Ar!!!




Nenhum comentário: