sábado, 4 de fevereiro de 2017

BR 135+ - Prova pra poucos...

BR 135 (135 mlhas!!) é prova pra poucos. Pra muito poucos. BR 135+ então (160 milhas!)... Entra em um outro nível de humanidade. Mesmo com a possibilidade de revezamento, ainda assim é uma prova muito dura, especialmente porque além da distância existem os fatores climáticos (janeiro é época de muito calor e chuvas torrenciais) e altimetria (a Serra da Mantiqueira, previsivelmente, tem bastante subida e descida).

Mas neste ano, a coisa ficou um pouco facilitada. O Cmdte Mario Lacerda abriu a possibilidade de incautos se inscreverem para fazer múltiplos de maratona. De uma a cinco (as 135 milhas tradicionais) ou seis (as 160 milhas da versão apimentada). E eu, incentivado pelo treinador e também pelo amigo Douglas de Melo, a quem coube ser um dos organizadores da prova este ano em razão dos problemas de saúde que atrapalharam o Cmdte Mario Lacerda, acabei me inscrevendo de última hora na "one marathon", iniciando a prova com todos os atletas e terminando-a após mais ou menos 42 km no final da descida do Pico do Gavião.

Não consegui treinar direito pra prova. O corpo se ressente da velhice e do cansaço da Maratona de BsAs e da Ultra 50km. E treinar no final de ano também é sempre mais difícil, tem calor, festas, comilança, confraternizações...

O resultado foi muito sofrimento. Mesmo essa singela "uma" maratona foi bem exigente. Mas também muita diversão por conta dos amigos participando como atletas, staffs ou apoios. Valeu a pena, foi muito legal. O resultado tá aí embaixo:


Nenhum comentário: