quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Desafio Itapeva Campos do Jordão 2009 - 48k

Itapeva deixara de ser objetivo principal e passara a ser "só" mais uma prova dura no ano. No entanto, a vontade de fazê-la era tão grande que fui o primeiro inscrito na prova!

Agora a preparação era para as 24hs e Itapeva faria parte disso. Uma corrida muito dura também, em princípio em um terreno mais "corrível" do que em Castelhanos, mas em uma altimetria mais variada. Larga-se em subida, alcança-se o Pico do Itapeva, e passa-se a descer em direção à cidade. No entanto, a descida não é constante, muitas vezes desce-se para subir de novo e depois descer de novo, em estradas de terra e asfalto. Lá pela metade da corrida alcança-se o caminho do Horto, todo em asfalto, onde as ondulações predominam para desgastar o corredor sem que ele perceba. Aí retorna-se pelo mesmo caminho até retornar à cidade, onde passamos por dentro de um bairro (logicamente cheio de subidas e descidas) até a chegada.

Além das ondulações, a altitude ajudava um pouco também. Os batimentos subiam mais depressa, chegando mais rápido ao limiar anaeróbico, desgastando mais o corredor e criando mais ácido lático. Doía, literalmente, nas pernas.

Foi uma corrida muito mais dura do que Castelhanos, inclusive porque o calor estava mais forte, desgastando ainda mais. Além disso, havia muitos trechos sem sombra e era bastante diferente administrar uma corrida com uma altimetria tão variada como esta. Nos quilômetros finais andei pra caramba. Pagara o preço de sair forte, tanto que passei boa parte da prova á frente do Alê.

Fechei em 5h34min35s. Um tempo não tão ruim se comparado ao pace de Castelhanos. Mas cheguei bastante cansado e desgastado. Terminar já foi uma vitóriia! De qualquer modo, uma segunda corrida em que consegui ficar á frente da Edith (novamente por poucos metros), sempre uma referência de corrida para mim, dada a sua capacidade atlética. E a segunda ultra do ano!

Nenhum comentário: