quarta-feira, 23 de junho de 2010

Recorde pessoal

Constatei mais um recorde pessoal na academia, hoje. Mais precisamente na balança: 73 kg. Nunca tinha alcançado um peso tão alto, desde que comecei a praticar alguma atividade física, dez anos atrás. Junta a velhice chegando, o relaxamento das férias e a dieta baseada em junk food e dá nisso. Como meu peso bom é 68kg, basicamente estou correndo carregando um saco de gohan (arroz em japonês, para os íntimos) na barriga. 

Por isso é que tenho que pegar pesado de novo, voltar a treinar firme, nada de nhenhenhém. O joelho não dói mais, tô puxando ferro justamente pra isso, então não dá pra correr devagarzinho só por medo de joelhar a dor. A única ressalva que eu faço neste mês é a Copa do Mundo, afinal só rola de 4 em 4 anos, né? Mas, enfim, o fato é que tenho treinar, sofrer mesmo, pra largar a mão de ser bobo. E os novos treinos de musculação do Gabriel tão fazendo bem esse papel. Como muda a cada duas semanas, quando eu tô começando a acostumar, troca tudo. Tô sempre longe da zona de conforto. Aquela porcaria de recuo com a barra pesada nas costas, seguido de agachamento com essa mesma barra me faz ter vontade de entrar em trabalho de parto, pra ver se dói menos.

Mas, enfim, hecho!! Mais uma série de musculação.

Nenhum comentário: