quinta-feira, 9 de junho de 2011

Odeio lesões

Odeio quebras. É insuportável você saber que pode correr de um determinado jeito, mas não o faz por conta de uma lesão. Na segunda-feira voltei à musculação. Até foi leve, não puxei muito forte, mas o tempo distante pode ter me dado uma lombalgia que eu não senti na hora. Foi depois, em casa, que comecei a sentir um desconforto. O desconforto é leve, mas enche o saco. Na terça fz fisioterapia de manhã e ia correr assim mesmo à noite, mas a tempestade-vendaval quase não permitiu que eu chegasse em casa, quanto mais aparecer no Ibira... na quarta, ainda dolorido, fui ao massagista. Melhorou um bocado, mas o negócio continua me enchendo, especialmente quando passo muito tempo sentado. Hoje, quinta-feira, fui treinar e apesar do desconforto, até vinha razoavelmente bem. O treino era um fartlekão médio/médio-forte/fraco trocados a cada 3 minutos, durante 45 minutos. Arreguei no 23º minuto, as costas doeram bastante. Ainda trotei mais um pouco, mas no total devo ter rodado só uns 7km (Nike Structure Triax) no máximo.

Fiquei irritado. Uma semana praticamente zerada por causa disso. Mas ao mesmo tempo sei que por ter corrido as costas vão melhorar. É sempre assim, corrida é o melhor remédio.  

3 comentários:

elis disse...

oi, ricardo!

lesão, por menor que seja, é uma chatice mesmo!
também acho que a corida é o melhor remédio! cmigo, pelo menos, sempre funciona!

melhoras!
http://elismc.blogspot.com

satrijoe disse...

Melhoras! Acho que a última vez que senti dor nas costas (batendo na madeira) foi quando ajudei um pessoal a fazer a mudança! rsrs

Mas aviso... Isso vem com a idade. Inevitável.

Alessandro S Silva disse...

E eis que está começando uma nova semana. Melhoras!

Boas Corridas!!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/
@alesilvabr