sábado, 18 de fevereiro de 2012

A alternância como reflexo da regularidade

Sei que meus treinos seguem um padrão quando eles carecem de constância plena. Ainda que a curva macro de treinamento esteja correta, na ascendente, ela nunca será lisa. Sempre haverão altos e baixos, o importante é que os altos sejam mais altos que os baixos e levem a curva para cima.

Essa foi uma semana de baixo. E que nem foi tão baixo. O problema da semana foi mais externo - alguns problemas familiares, sobrecarga de trabalho - do que de performance em si.  O fato éque o resultado final da semana não seguiu a curva ascendente da semana passada, mas foi bom nessa análise geral.

No sábado passado, um ótimo treino no City Boaçava. Ainda na base, com muito exercício, teve uma parte de técnica bem forte, subindo e descendo uma rampa na Bagiru. Corri bem, estava veloz, rápido, foi ótimo. Depois uma rodagenzona com o pessoal e uns 10 km pra conta, de Mizuno Nirvana

Voltei a treinar só na quarta, com a musculação. Na quinta, mais um circuitão. Não estava bem, mas fiz sem problemas a série com rampa da Bienal, rampas do lago, corrida progressiva, educativos, afundos e abdominais. O total foi de 09km, com o Nike Free.

Por fim, mais um sabadão, de volta à USP. Ali rodei de forma tranquila com o Du França, a Edith e o Alê Oliveira (com este, até onde o banheiro deixou), fazendo algumas voltas no Bosque da Física, Biologia e em ritmo progressivo. De fato, começamos a 6min40/km e eu fechei o último quiometro com um 4min20/km, sprintando forte. 15,3km, de Mizuno Nirvana, e possivelmente foi este dos últimos treinos dele, já que a sola está bem desgastada e até soltando algumas placas de borracha.

2 comentários:

Daniel Gonçalves disse...

Fala Ricardo,

Nem sempre conseguimos encaixar todos os treinos que planejamos. O dia-a-dia é uma verdadeira maratona e as vezes abdicamos dos treinos em detrimento de outros compromissos. Mas como diriam os mais entusiastas "nem tudo está perdido" (risos). Os meses de janeiro e fevereiro são como uma espécie de pré-temporada, a coisa começar a "esquentar" mesmo a partir de março.

Bons treinos!!

Daniel Gonçalves
www.fanaticospormaratonas.blogspot.com

Fábio disse...

Nesse corre corre, que enfrentamos diariamente, não é fácil mantermos a regularidade... mas o importante é não perdermos a cisma de tentar melhorar nossa performance sempre!

Abs

Fábio
www.42afrente@blogspot.com