quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Resumo do ano 2015

2015, ano de coisas boas e ruins. Primeiro semestre muito bom, com o meu melhor tempo em meia-maratona (1h38m32s) e o back to back da Comrades. Lógico que teve o último lugar não tão bom na Trailadventure do Chile, mas eu me perdi... e perdi até o pódio na categoria, perdi as cervejas da premiação... aiaiaiai...

Segundo semestre não tão bom. Fui mal na Mizuno Uphill e ali acabei ferrando o joelho, o que me tirou da Mont Blanc no segundo corte, com pouco mais de 40km. Mas a maratona de NY foi legal (pelo menos fiz uma marca pra não passar vergonha) e o resto das provas foram pra se divertir. Final do ano fazendo retífica nas articulações, funilaria e tentando fortalecer a carcaça.

2247,9km corridos dos quais:
1908,9 km em 143 treinos (média de 13,35km/treino)
339km em 10 provas (média de 33,9km/prova), sendo 1 prova de 7km (SW), 2 de 10km (Vancouver Sun Run e Timão Run), 1 meia-maratona (Sunshine Coast), 1 de 14 milhas, 2 maratonas (Uphill e NY) e 3 ultras (Trailadventure Chile-50k, Comrades-87k e CCC-43k, dos 101 da prova)
51 séries de musculação
6 séries de escada
3.125m de natação em 2 treinos
1h10 de rolo/bike em 2 séries
3 séries de remo

mês mais rodado:
mês menos rodado:

Em números, um ano parecido com o ano passado. Bons e maus resultados, lesões incomodando no final do ano, mas mais um ano de Corrida no Ar indo bem. O problema é que ao contrário dos anos anteriores, onde já tinha meio claro um panorama de planejamento de provas até pela necessidade de pontuar pra UTMB/CCC, fecho este ano sem saber direito o que fazer no ano que vem. Não tenho a intenção de voltar pra Mont Blanc (a montanha já me disse não duas vezes!!) e encerrei o meu ciclo Comrades. E agora? Já estou certo em duas provas (Meia do RJ - OL e 28 praias de Ubatuba em dupla), mas nenhuma delas é prova-alvo...

Nenhum comentário: